C O R O N A : In her singing studio, Maria João uses all necessary measures - disinfection, ventilation and distance. If desired, Maria João teaches via Skype.

Maria João Carmo, cantora

Nasceu em Lisboa. Ela tomou a decisão desde muito jovem de fazer da música sua vida. Ela começou como contralto, mas sua voz também evoluiu para mezzo e soprano, com um viés dramático

 

Empresário

Maria João é associada à Impresariaat Tineke Ouwendijk (link)

Educação

Aos 10 anos iniciou a sua formação no Instituto Gregoriano de Lisboa, um amplo conservatório de 6 anos, onde se licenciou em piano. Continuou a sua formação musical na Escola Superior de Música de Lisboa com a licenciatura (1999) e o mestrado (2001) em Canto Clássico.
Ela então veio para a Holanda, onde obteve o Diploma de Músico Canto em Canto Clássico no Conservatório de Amsterdã em 2003 com Paula de Wit. Aqui, ela também trabalhou com Eildert Beeftink (ensaio de cor), Philip Curtis (drama), Alexander Olivier (interpretação de ópera), Jan Slothouwer (ensaio de coro de ópera), Thérèse de Goede (música antiga) e Claron McFadden (música antiga, vocais).
Ela também teve aulas e masterclasses com Udo Reinemann, Mark Wildman, Carolyn Watkinson, Jard van Nes, Max van Egmond, Marius van Altena, Jill Feldman, Konrad Richter, Roger Vignoles, Sarah Walker, Noëlle Barker e Roberta Alexander.

Oratório

Como solista, trabalhou com maestros como Klaas Stok, Dirkjan Horringa, Johan Rooze, Martien van Woerkum, José Doodkorte, Frans Tomassen, Joke Brandsma, Emile Engel, Marc Buijs e Wilbert Staal.
O seu repertório inclui peças não só do Barroco, mas também do Clássico e Romântico. Seu repertório inclui várias cantatas de Bach e Telemann, Membra Jesu Nostri (Buxtehude), Samson e Dixit Dominus (Haendel), vários Requiems (Mozart, Duruflé e Fauré), Krönungsmesse, Waisenhausmesse (Mozart), Petite Messe Solennelle (Rossini), Gloria de Vivaldi, Miserere de Zelenka e Oratorio de Noël de Saint-Saëns.
Maria João também é regularmente convidada para cantar música contemporânea. Em 2005, ela cantou a estreia holandesa de 'Requiem for my friend', do conhecido compositor polonês Zbigniew Preisner, em Amsterdã, sob a direção de Joyce Hoohenkerk. Em Munique (2004) cantou a estreia mundial da parte soprano em 'Quaresma', obra do compositor alemão Klaus Schedl.

Canção / Ópera

Maria João apresenta frequentemente canções românticas e árias de ópera com pianistas como Eildert Beeftink, Rik Helmes, Annette Schmoutziger, Peter Meurs, Marc Buijs, Heleen Vegter, nos seus próprios concertos e / ou em festivais ou séries de concertos. Inclui peças de todas as épocas do ano história da música, da música antiga à música contemporânea.